4 coisas que aprendi a trabalhar


1 - Somos mais do que uma profissão // Neste momento não estou onde gostaria de estar, é verdade, mas isso não significa que ache que estar no atendimento ao público ou atrás de uma caixa de supermercado é um trabalho sem prestígio, bem pelo contrário. Tenho outras ambições é certo, mas se há coisa que posso dizer que aprendi foi a dar valor ao trabalho e à pessoa que nos está a atender. No entanto, nem toda a gente pensa assim. Numa das vezes em que a minha colega tentava arranjar um vestido de gala para uma cliente mais calada soltou um comentário em tom de brincadeira, dizendo que "deves ir muito longe assim". A verdade é que estavámos a apresentar várias opções e a rapariga parecia uma boneca sem personalidade e nem dizia se gostava ou não gostava, mantinha apenas uma expressão de "nhé", o que pode tornar-se muito irritante. 
Neste sentido a minha colega começou a brincar com ela e surgiu aquele comentário ao que a rapariga respondeu de imediato num tom arrogante e de quem sabe tudo "por acaso até vou ser alguém na vida, estou a estudar para enfermeira!". Salvar vidas e cuidar dos outros é dos trabalhos mais importantes, contra isso ninguém é capaz de argumentar mas o meu pensamento quando ouvi esta resposta foi "pobre miúda, ainda tem tanto para aprender...". Infelizmente há quem ache que o estatudo de uma profissão é tudo e que quem trabalha numa loja de roupa, quem faz limpezas ou quem está numa caixa de supermercado não merecer o mínimo respeito. 



2 - Não precisamos ser amigos para ser bons colegas // A definição de amigo pode ser bastante complexa, e um dos maiores desafios no local de trabalho é manter amizades ou simplesmente "aturar" os colegas. Não nos identificamos com toda a gente que trabalha connosco, isso seria impossível, no entanto não é por isso que temos que deixar de ser bons colegas. Acho que devemos agir sempre da maneira que achamos mais correcta, mesmo que nem sempre seja isso que nos apetece fazer no momento. Não façam nada à espera que vos retribuam, porque isso nem sempre vai acontecer, acreditem! Mas ao dar o vosso melhor e ao ter as atitudes mais correctas vão sentir-se melhor convosco próprios.

3 - Não importa o que se faz, importa dar o nosso melhor // A coisa mais acertada que ouvi da boca de uns patrões foi que não importa o trabalho que estamos a fazer, devemos sempre querer ser os melhores e dar o nosso melhor. Nem sempre é fácil, há dias em que a motivação é maior enquanto noutros é abaixo de zero, mas fazer-mos o nosso melhor compensa sempre.

4 - Os resultados levam tempo // Ás vezes até estamos a dar o nosso melhor mas parece que nada acontece e que nada é suficiente. Há que ter paciência e persistência, continuar a trabalhar da mesma forma e nunca desistir. Se estamos a dar o nosso melhor, os resultados irão aparecer.

Mais alguém se identifica com estas aprendizagens? Têm outras para partilhar?

3 comentários

  1. Apesar de ainda não ter experiência neste ramo, concordo totalmente com o que disseste!
    Não sei se teria a paciência necessária para lidar com o tipo de comentários que exemplificaste, são um completo absurdo e esse tipo de pessoas mereciam ouvir umas boas verdades, mas enfim!
    Temos que dar sempre o nosso melhor em tudo o que fazemos :)

    Beijinhos!
    MESSY GAZING

    ResponderEliminar
  2. Apesar de ainda não trabalhar, concordo com tudo o que disseste! O importante é dar o nosso melhor todos os dias! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Não trabalho mas sinceramente não vejo a hora de sair deste mundo de estudante! Já estou cansada de estudar. Gostei bastante do post!

    Beijinhos
    THAT GIRL | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER | YOUTUBE

    ResponderEliminar