Coisas que me irritam

quarta-feira, novembro 23, 2016


Fazer uma lista sobre coisas que me irritam é bastante fácil, o difícil mesmo é que a lista seja pequena. No entanto, não julguem que sou um pequeno monstrinho que se sente verdadeiramente afectado por tudo isto. São coisas que me irritam no momento em que acontecem, depois simplesmente ignoro.

1 - Pessoas no trânsito // Este primeiro ponto é um contra-senso porque aquilo que me irrita aqui é o facto das pessoas se irritarem com tudo e com nada. Eu bem sei que é frustrante e de vez em quando há que dar uma boa apitadela se o carro da frente se armar em esperto e cometer uma infracção maluca, mas gente, não é preciso apitar sempre que o carro não arranca ao primeiro segundo, nem chamar 50 nomes feios a uma pessoa só porque ela fez uma coisa de nada que nós repetimos tantas vezes. Tenham calma por favor. É que eu fico cansada só de ver a maneira como as pessoas esbracejam e espumam pela boca por coisas sem jeito nenhum.


2 - Pessoas que dizem "ui-fi" e "perca" // Sim, há que denomine as ligações Wi-fi por "úi-fi". Se for o meu pai que só teve inglês uma vez na vida há 40 anos, eu desculpo, agora se for gente nova não consigo não ficar irritada. Pior ainda se disseram que há uma "perca de tempo", é que só se for o peixe, a Perca do Nilo, caso contrário é uma perda senhores!

3 - Pessoas que nos olham de alto a baixo e não dizem bom dia // Eu nasci numa aldeia e ainda é lá que vivo e como tal toda a gente se conhece e sempre fui educada para dizer "bom dia" a quem passa por mim. Acontece que de vez em quando passo por algumas pessoas que me olham de alto a baixo como se eu tivesse o cabelo azul, nariz de porco e rabo de canguru e nada dizem. Isto toma proporções avassaladoras quando não ouvem o nosso "bom dia" porque estão a avaliar-nos de alto a baixo e no fim ainda gritam um "bom dia" com a entoação de quem está a dizer "então, não se diz nada mal educada?". Será possível não ficar irritada com isto?

4 - Pessoas que confundem frontalidade com estupidez natural // Há quem não imagine que dentro da nossa cabecinha existe uma bola de massa cinzenta que nos permite "pensar" e fazer um lote variado de coisas, nomeadamente prever as consequências daquilo que fazemos ou dizemos. Não, incrivelmente a nossa cabeça não serve só para ter um cabelo alisado pela placa ou uns lábios pintados com batons Kylie Jenner. Podemos ser verdadeiros e ter princípios e ao mesmo tempo utilizar o nosso cérebro para filtrar e não dizer tudo o que pensamos.  É mesmo assim. às vezes pensamos coisas que não interessam nem ao Menino Jesus, e outras vezes pensamos coisas parvas e que não devem ser ditas, porque são só um pensamento parvo do momento, ou simplesmente porque é uma coisa feia e que pode magoar alguém. Existem pensamentos que merecem ser embelezados antes de serem jogados da boca para fora, e isso não é ser falso ou mentiroso, é ser gentil e inteligente com as palavras, só isso.

Vê também

9 comentários

  1. Realmente... pessoas que não dizem nem bom dia nem olá nem nada... terrível (e eu que trabalho com o contacto direto do público!).

    ResponderEliminar
  2. Gostei principalmente do último ponto! Muito bom!
    Beijinhos

    Blog ChocoPink / Instagram / Facebook

    ResponderEliminar
  3. Em França ninguém diz wi-fi: eles detestam ingleses e deve ter sido por isso que recorreram ao "úi-fi" ahaha! Sei disto porque uma grande amiga minha é imigrante de lá e eu farto-me de a corrigir.

    Let me Believe

    ResponderEliminar
  4. Concordo! Destas coisas a que mais detesto é que me olhem de alto a baixo. Conheço uma pessoa assim e odeio. Infelizmente não a posso tirar da minha vida se não era o que fazia. Para além desse péssimo hábito/falta de educação ainda é mal humorada, não se aguenta.

    ResponderEliminar
  5. O ponto 3 e 4 são os meus favoritos, eheh Gostei muito do post!!

    xx Rita | ALL RITA

    ResponderEliminar

Posts populares

Arquivo

Blogs de Portugal

Subscribe