My fit self challenge - ser saudável

segunda-feira, março 28, 2016


Se antigamente a informação era escassa, hoje em dia somos bombardeados frequentemente com mais e mais informação e por isso há que accionar filtros e procurar saber aquilo que é verdadeiro. Ser saudável virou moda e eu acho que é a melhor moda de todos os tempos, no entanto, há que ser muito cuidadoso para não darmos por nós a só poder viver do ar ou de folhas de alface. 
Para já, a palavra dieta já morreu e hoje em dia todos queremos é ser saudáveis para sempre, e não fazer dieta para sempre, até porque isso é impossível e desmoraliza, porque a pessoa ouve a palavra dieta e quando dá por si já está é agarrado a uma barra de chocolate de metro. Desconfiem da dieta da gelatina, da dieta da banana, da dieta da formiga (será que existe?) ou de outra qualquer, porque é impossível alguém passar a sua vida a comer uma só coisa e ser feliz. Não dá, não combina! Para além disso, pelo menos que eu saiba, não existe ainda um único alimento com todos os nutrientes que precisamos, por isso não adianta andar a comer sempre o mesmo.
Devemos pesquisar e querer sempre saber mais, e a educação alimentar devia ser um dos pilares da nossa educação escolar, no entanto, como seria de esperar não o é, por isso as nossas mães ainda acham que o que faz bem é comer os 200kg de comida que nos puseram no prato e que 1 litro de Ice Tea e um Bollycao é do melhor que há para o lanche. Depois de irmos percebendo um pouco mais sobre os alimentos e depois de identificarmos alguns mitos e verdades, temos que aprender o que nos faz bem e mal a nós, porque todos somos diferentes, e do nada não somos todos intolerantes à lactose e ao glúten e a mais não sei quê.
Somos todos diferentes, e eu, por exemplo, em relação ao leite, ficava mal disposta quando o bebia, especialmente de manhã, mas nem por isso o eliminei por completo, e volta e meia lá bebo o meu leite quentinho com cereais.
Depois de percebermos o que nos faz mal e o que nos faz bem, temos que encontrar coisas de que gostemos. É certo que o gosto também se educa, mas eu, por exemplo, não vou nada à bola com papas de aveia, por isso não vou passar a comer só porque sim, em vez disso consumo aveia nas panquecas ou em granola feita em casa (mas ainda tenho que aperfeiçoar a receita).
Acho que a cima de tudo devemos manter preocupações básicas e que me parecem coerentes, tais como evitar ao máximo alimentos processados, no entanto nunca devemos cair em exageros nem aderir aos alarmismos! Como em tudo na vida, temos que pensar por nós e não nos podemos deixar levar na corrente e decidirmos como queremos o nosso futuro. Vamos todos morrer, é verdade, mas sempre podemos garantir que demos o nosso melhor para viver o maior tempo possível e com a melhor qualidade!

Vê também

12 comentários

  1. Obrigada novamente pelo apoio! :)
    Adoptar um estilo de vida saudável é realmente a melhor moda dos últimos tempos mas, como dizes e bem, há que pesquisar muito e saber o que é melhor para nós. (achei um piadão à dieta da "formiga" ahaha).
    Já estou a seguir.
    Beijinho <3

    ResponderEliminar
  2. Excelente post :)
    Beijinhos,

    http://chocopink89.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Errrrr... eu sou Mãe mas não sou das que pensam que 1 litro de Ice Tea e um Bolicao servem de alimento... Essas existem?
    Quanto ao resto, tenham é juizo e não se ponham a pensar que têm de se tratar para dar um cadáver lindo. E não façam uma dieta nova todas as segundas feiras, só para a largarem na terça. Comer o mais natural possível, evitar "restaurantes da treta", beber muita água e comerem fruta em vez daquele-mega-pacote-de-bolachas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu exagerei claro, mas hoje em dia, acho que muitos pais não têm noção do poder da alimentação e ainda usam a comida para "mimar" os filhos... É preciso muito bom senso.:)

      Eliminar
  4. Concordo completamente. Nunca fui adepta de dietas relâmpago, pelo que adaptar-me a esta ideia de "sermos saudáveis sempre" não foi difícil. Procuro ser equilibrada e admito que por vezes me devia esforçar mais com os legumes, mas não sou nada radical quanto à comida. Se me apetece comer um doce, como - apenas evito exageros. É como escreveste, devemos ter as preocupações básicas, evitar excessos e tudo o que sabemos que faz mal por natureza, isto tudo sem deixarmos de comer o que nos dá gosto :)

    Aonde (não) estou

    ResponderEliminar
  5. A pesar de como disseste, termos muita informação, adorei o teu post :)
    with love, KATE ❤

    ResponderEliminar
  6. A mim acontecia-me o mesmo com o leite, comecei a beber sem lactose, mas mesmo assim bebo muito menos vezes. Adorei o post!

    http://thedevilwearspinknails.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Verdade...Eu também estou numa onda de ser mais sáudavel, e acho que é uma boa moda! lol Mas não dá para acreditar em tudo 100%, ora dizem que o leite faz mal ora diz que faz bem etc...a industria aproveita se muito do alarmismo. Bjs*

    ResponderEliminar

Posts populares

Arquivo

Blogs de Portugal

Subscribe