Blogues - Yay or nay?

quinta-feira, março 17, 2016


Hoje venho-vos falar das coisas que mais gosto e também das que menos gosto num blog. Ora bem, uma das coisas a que ninguém fica indiferente é logo o template, já que é o primeiro impacto e é logo aí que estabelecemos a nossa primeira opinião. Eu pessoalmente gosto de um misto entre o minimalista e as cores, gosto de um que conjugue estas duas características e que sobretudo tenho um "ar arrumadinho". Adoro entrar num blog "direitinho", sem excesso de informação e sem cores que nos entrem pelos olhos e nos firam o cérebro. Eu sei que não se deve julgar o livro pela capa, e existem blogues com uma imagem fraca e um conteúdo muito bom, mas é que às vezes não há volta a dar, e quando temos fundos que "nos fazem doer os olhos" perdemos um pouco a vontade de voltar. Nada e fundos pretos por favor, e depois com letras vermelhas e com 30 tipos de fontes e uma chuva de rosas... Se não querem ter muito trabalho, pelo menos usem aqueles predefinidos mais simples. 
Outro ponto bastante importante, são os posts e o conteúdo, obviamente. Depois de termos o primeiro impacto com a imagem, passamos para as palavras e são elas que nos podem captar muitas vezes, dependendo também um pouco do tipo de blog e do gosto de cada um. Eu cá adoro posts pessoais, pessoas que contem coisas verdadeiras, que mostrem um pouco delas e que não nos façam sentir mal por não termos uma vida "perfeita" muitas vezes apresentada em posts falsos. Não tenho nada contra parcerias com marcas, até acho uma mais valia, mas por favor pessoas, sejam sinceras e não passem o tempo todo a dizer que aquele creme é fantástico quando na realidade vos faz borbulhas e deixa a pele a arder. Para além disso, não sejam fúteis. Antes eu admirava os blogues cheios de fotos bonitas, sempre com roupa nova e produtos do bom e do melhor, hoje em dia sinto pena, especialmente porque conheço a realidade de algumas dessas pessoas. Continuo a adorar esse género de fotografia, mas detesto quando um blog vive disso e faz-me sentir pena por, como já disse, saber que muitas dessas pessoas acharem que a vida se resume a isso e viverem presas a esse lado fútil e consumista.
A interacção é algo que também acho super importante. Adoro receber comentários e adoro responder aos mesmos, tal como gosto que me respondam quando eu comento. Acho que isso é uma das melhores coisas que um blog nos traz e adoro conhecer quem está do outro lado. Ás vezes também me descuido, mas normalmente respondo sempre no post em que comentam.
Estes 3 pontos têm o lado bom e o lado mau, agora para terminar vou só dizer-vos mais 3 coisas que não gosto nada. Uma delas é música. Perdoem-me se têm música no vosso blog, mas isso mata gente, porque a pessoa abre a página e do nada sai um som maluco capaz de provocar uma arritmia. Se quiserem partilhar a vossa playlist num post ou na barra do lado, tudo bem, agora música automática não me agrada muito.
Posts enormes do género testamento não são muito motivadores, porque apesar de eu adorar ler, às vezes visito os blogues à noite e já me sinto cansada só de ver que é grande (sim, eu sei, este também está a ficar enorme, mas de vez em quando não faz mal a ninguém). Ah, mas também evitam de fazer posts, regularmente, com uma frase, já que para isso existe o facebook.
Por fim, não gosto quando abusam das TAGs, especialmente quando elas são quase todas iguais, com as mesmas perguntas e muitas sem interesse. Existem muitas interessantes, eu própria estou a participar no Desafio 52, no entanto acho que existem pessoas que abusam nesse género de posts.

Concordam com isto? Têm outras sugestões?

Vê também

22 comentários

  1. Ultimamente tenho falhado numa dessas coisas, o não fazer posts muito longos. Percebo que possa desmotivar a leitura -também me retraio quando vejo um texto enorme- mas há assuntos que não consigo resumir. E também faz falta recuperar o hábito de escrever e ler artigos grandes. Talvez o truque seja intercalar posts mais densos com outros mais simples.

    Há uma coisa que não percebo nisto dos blogs: as pessoas que respondem ao comentário no blog de quem comentou e não no blog onde o comentário foi feito. Regra geral nem aceito esses comentários, porque fica ali uma coisa completamente deslocada do post. E acho quase uma falta de educação, visto que o tempo e trabalho que investi no post é completamente ignorado pela pessoa que chega lá e o ignora completamente, deixando um comentário sobre outro assunto.

    Perdida em Combate

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, não tenho nada contra ler, pelo contrário como já disse. Acho que às vezes pode é ser um pouco desmotivador porque se calhar procuramos nos blogues um lado mais leve e que nos distraia, num entanto se o texto for bom nem damos conta que é longo.:p Acho que intercalar é sem dúvida uma boa opção e não devemos deixar de escrever coisas só porque "está muito longo".
      Também não entendo essa dos comentários.:p Quer dizer, acho que é um pouco por "medo" que a outra pessoa não veja a resposta, anyway, faz muito mais sentido comentar no mesmo post.

      Beijinhos Nádia

      Eliminar
  2. Eu por acaso estou a tentar mostrar um lado mais pessoal no blog e não só a mostrar coisas "vagas". Espero conseguir porque até prefiro saber que os leitores se identificam e o transmitem nos comentários, havendo assim mais interacção entre todos nós. :)

    Mas algo que me anda a preocupar muito é o plagio. Ando a ver coisas assustadoras. :S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que é bom ter um pouco de tudo, e cada um tem o seu objectivo para o blog, mas pelo menos eu já perdi um pouco o interesse em ver posts mais "fúteis" sempre todos os dias, com coisas que não revelam a realidade das próprias pessoas que os escrevem, quanto mais de quem lê...

      Quanto ao plágio, ainda não tive conhecimento de nenhum caso com o meu blog, mas já vi outros e acho que isso resulta de hoje em dia "toda a gente tem um blog" só por ter... É uma pena.

      Eliminar
  3. Olá querida, concordo com a Nádia, também me não gosto muito quando faço um comentário e a pessoa ao invés de agradecer no próprio comentário, vem ao meu blog e deixa esse agradecimento como um comentário ao post, sem fazer qualquer referencia ao mesmo. Por vezes mato-me para ter bom conteúdo e sei que muitas meninas só para terem muitos comentários, jogam respostas assim sem nexo, sem sequer perderem um minuto a lerem, enfim...
    Querida adoro o teu blog, continua assim :)
    http://belezacemlimites.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Concordo com tudo o que dizes e a música então, não podia concordar mais!
    Mas felizmente nesta enorme plataforma há blogs para todos os gostos e interesses!

    beijinho grande*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, há gostos para tudo e não quero "ferir" ninguém com a minha opinião.:)

      Eliminar
  5. Ultimamente para mim o mais complicado tem sido arranjar tempo para o blog e para responder e fazer comentarios. Vou muitas vezes aos blogues mas de forma mas sme grande tempo para comentarios (ate porque muitas vezes leio no telemovel e odeio responder de la)

    Eu concordo com tudo o que disseste...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, nem sempre é fácil responder, especialmente quando o tempo é pouco...mas eu gosto desta interacção.:)

      Eliminar
  6. Concordo.por vezes ls blogs com musica não me agradam muito pois posso nao ter o mesmo gosto musical o ja estar a ouvir uma.
    De resto concordo plenamente.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, acho que mais vale porem a playlist na barra do lado ou assim. Mas gostos são gostos e não se discutem.:p

      Eliminar
  7. acho que não podia concordar mais contigo
    uma das coisas mais importantes para mim é a interação entre blogguers e o facto de os posts serem honestos ou não
    Um grande "não" para mim é mesmo a música porque me distrai imenso daquilo que estou a ler e bloggues com letras pequenos e com excesso de informação
    este post resume basicamente todos os meus gostos ehhe
    beijinhos


    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, por vezes são pequenos pormenores que fazem a diferença e apesar de em primeiro lugar devermos pensar no que gostamos não nos podemos esquecer dos leitores, que são o que dão vida ao blog.:)

      Eliminar
  8. De uma maneira geral, partilho a tua opinião. Às vezes sou adepto de textos grandes, mas só quando o tema assim o requer. Desde que não seja um bloco de texto enorme sem parágrafos, acho que dá para salvar a situação.

    A interacção é necessária, claro, se não comentarmos outros blogs, não chegamos a lado nenhum. No entanto, não considero que tenhamos que responder a todos os comentários que recebemos. Quando se justificar faz sentido, mas se for daqueles casos em que se nota que nem leram nada, nem vale a pena.

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, se não respondermos a um ao outro ninguém morre por isso, aliás, às vezes mais vale ficar calado mesmo.:P Mas quando vemos que as pessoas leram e estão a dar uma opinião sincera e a dizer algo interessante acho que é bom respondermos, primeiro, e falando no meu caso, porque sinto logo vontade de responder e depois também por uma questão de agradecimento.

      Quanto aos textos, é como dizes, e desde que não se caia no exagero tudo bem.:)

      Eliminar
  9. Concordo plenamente contigo, Daniela. E, apesar de não se dever julgar um livro pela capa, o aspecto é muito importante e o que determina se alguém quer passar tempo no teu blog ou não, independentemente do conteúdo. Há alguns blogs que eu acho lindíssimos, mas que tem textos - para mim - ilegíveis, quer seja por causa do tipo de letra que escolheram, que seja por algo tão simples como a formatação.

    E acho que responder aos comentários é super super importante! Eu tento responder a todos os que me deixam no blog, porque sei que as pessoas são ocupadas, tal como eu sou, e tirarem um bocadinho de tempo do seu dia para comentar o meu blog deixa-me muito feliz, pelo que a forma que tenho de agradecer é responder. :)

    Beijinhos**

    Joan of July

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um blog é feito de um conjunto de coisas, todas com pesos diferentes mas todas importantes, acho que o segredo no fundo é dar importância a todos esses pontos.:)

      Exavto, you never regret to be kind!:p

      Eliminar
  10. Concordo com tudo! Na parte dos posts longos, depende do tema. Há alguns (como este teu btw) que estão bem escritos e têm tanto interesse que não dá para não querer ler.
    nem mais nem menos | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, o importante, como em tudo na vida, é não cair no exagero.:p

      Eliminar
  11. Estou contigo, excepto na coisa dos posts grandes - normalmente não me faz confusão ahah mas sei que para a maioria das pessoas é cansativo, e é perfeitamente compreensível! A questão do aspecto e das fotografias para mim é fulcral. "Como com os olhos" :p e meia volta lá me apercebo que deixei um bom passar só porque não tinha grande aspecto lol

    A questão da interacção para mim é a parte mais gira da blogosfera, por isso confesso que não entendo quem NUNCA responde aos comentários xD não é preciso responder a tudo, mas há casos em que convém, fica bem, é simpático e...why not?!

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim às vezes faz-me confusão porque apesar de gostar de ler ainda sou das antigas e gosto mais de ler coisas longas em papel.:P E depois às vezes é mesmo pelo cansaço, porque aproveito para visitar só à noite...

      Sim, também não percebo isso, especialmente quando são comentários com uma opinião verdadeira de alguém que perdeu um pouco do seu tempo a ver o post.

      Eliminar

Posts populares

Arquivo

Blogs de Portugal

Subscribe