Desafio 52 - Semana 18

sábado, janeiro 09, 2016


Saudade é uma palavra que me diz muito porque sou definitivamente uma pessoa saudosista, que fica agarrada às memórias e aos momentos bem passados. E hoje sinto saudades de:

1 - Budapeste // Saudades de uma cidade que me acolheu durante 3 meses, que trouxe tanta coisa nova, tanta coisa diferente e tanta coisa boa. Saudades de passear naquela cidade, de me sentir num país estrangeiro mas ao mesmo tempo em casa, de conhecer sítios novos...

2 - Porto // 1 mês bastou para me apaixonar por esta cidade e as saudades já se fazem sentir. O Porto é lindo e mais uma vez permitiu-me criar memórias fantásticas.

3 - Ser criança // Quem não tem saudades de ser criança e passar longos dias entre brincadeiras, uma tigela de cereais e os desenhos animados? Saudades da inocência que fazia acreditar no Pai Natal e na Fada dos dentes e de quando a decisão mais difícil que tínhamos que tomar era escolher entre gelado de chocolate ou de morango...

4 - Avós // Dos que conheci e já partiram. Deixaram-me um coração cheio de histórias e lenga-lengas, de canções e anedotas e sobretudo de muitos sorrisos. Tenho saudades e medo que a memória me traia e me comecem a fugir pedaços do tempo.

5 - Natação // No início eu tinha medo ( diga-se de passagem que o medo já faz parte de mim e que aqui a coisa agravou quando eu me ia afogando uma vez no rio), mas depois veio a fase boa. A natação era a minha melhor parte na educação física e traz à lembrança muitos momentos de relaxamento e de gargalhadas.

Vê também

22 comentários

  1. Muito interessante :)
    Quem, de facto, não tem saudades de ser criança? Só agora sabemos dar valor ao tempo que passávamos entre tanta brincadeira.
    As recordações são do melhor que se pode ter, mesmo de quem já partiu :)

    um beijinho*
    Dreams and Lemonade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficam as memórias no nosso coração para nos acalmar.:)

      beijinhos

      Eliminar
  2. Da lista estou contigo no que diz respeito ao ser criança, e posso pôr um pouco de "avós" nisso também. Saudades de ir para a casa dos meus avós depois da escola... Lanchava e via o Batatoon. Quando acabava ia ao café com a avó esperar a mãe e comia um rico salame de chocolate. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também adorava fazer isso, chegar a casa, comer o meu pãozinho com tulicreme e ver o Batatoon.:p

      Eliminar
  3. Gostei muito do post :)
    Beijinhos

    amakeupdream.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Espero conseguir voltar a praticar, porque acho que é o único desporto que amo verdadeiramente.:p

      Eliminar
  5. Que post inspirador realmente ás vezes quando paramos para pensar vemos que temos saudades de tantas coisas e na maioria momentos da nossa infância ou pequenas coisas que nos faziam feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, a infância também foi feita de grandes birras, e no meu caso a maior tristeza foi não ter um irmão para brincar, mas mesmo assim sempre brinquei muito e fui muito feliz.:)

      Eliminar
  6. Nossa gostei muito, geralmente tenho saudade da minha infância.

    http://segredossobremeninas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada.:) É sempre uma época que deixa saudades.

      Eliminar
  7. A não ser que tenha tido uma infância traumática, não conheço um adulto que não gostasse de voltar aos tempos de criança. Sempre quis conhecer o Porto, sempre que vejo fotografias fico encantado! Quando andava no infantário tive um ano na Natação e adorei, sinto imensas saudades. Cheguei a ganhar uma medalha e tudo num daqueles torneios que não interessam para nada mas que para mim foi a melhor coisa do mundo haha.

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tira um tempinho e vai ao Porto então, porque vale mesmo a pena conhecer.:) Eu também recebi algumas medalhas, nem que fosse de participação e ficava toda contente.xD

      Eliminar
  8. Bem legal esse desafio! Adorei seu blog e já estou seguindo! Poderia dar uma passadinha no meu e se gostar seguir também?
    www.espacegirl.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Gabriela, vou passar sim.:)

      beijinhos

      Eliminar
  9. Por estranho que pareça, não voltaria à infância. Sempre achei a infância e a adolescência períodos estranhos e confusos, em que não sabemos bem distinguir o certo do errado e as coisas podem tomar proporções assustadoras. Sou mais feliz agora!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eu sei pudesse voltar à adolescência também seria só para mudar muitas das coisas que fiz...

      Eliminar
  10. Tão bonito este post, adorei imenso :')

    Ana ♥
    http://aruivablog.blogspot.pt/ N/POST

    ResponderEliminar
  11. Adorei o post! :)
    Voltava à infância, sem dúvida. Mas se pudesse ultrapassar a adolescência, agradecia ahah :p
    beijinhos, Ana

    The Insomniac Owl Blog

    ResponderEliminar

Posts populares

Arquivo

Blogs de Portugal

Subscribe