A culpa é das estrelas - o filme!

quinta-feira, julho 03, 2014

Se bem se lembram já vos tinha falado sobre o livro aqui e na passada semana fui então assistir ao tão ansiado filme com uma amiga. Bem, o autor já todas vocês conhecem e dispensa apresentações, e esta é só mais uma das suas obras inspiradoras. Ele brinca com as palavras e tem especial talento para escrever frases daquelas infinitamente fofinhas, daquelas que deixam qualquer uma a suspirar.
Já devem conhecer um pouco a história, mas se não conhecem leiam e vão ver, que eu não me vou armar em spoiler. Bem, para começar, ler é sempre bom e muitas vezes os livros superam e muito os filmes, especialmente porque cada livro conta a mesma história mas de maneira diferente, porque cada uma de nós a imagina à sua maneira. Neste caso, quando comecei a ver o filme senti que estava a ler o livro (ok, isto parece louco), mas é que o filme está realmente muito fiel ao livro, em cada palavra, em cada gesto. Se isso é bom ou mau, também não sei explicar bem...


Quanto aos actores principais, até que estiveram bem, mas eu não acho o rapaz assim tão giro (vá, soltem as flechas na minha direcção!), mas gosto do humor dele. No entanto, e contrariamente ao que muitas vezes acontece, quando vi o filme senti mais a história e claro que também soltei uma lagrimazinha. 
E era aqui que eu queria chegar! Para já a sala estava cheia e grande parte da assistência era constituída por raparigas com excesso de hormonas... Gente, aquilo emociona, é verdade, mas não precisam de passar o filme inteiro a chorar em modo ataque de pânico! Ao pé disto, o som do mastigar as pipocas não é nada, acreditem! Por isso, quando forem ver o filme, tentem escolher o horário mais livre, caso contrário vão ser presenteadas com uma banda sonora recheada de lágrimas e gente a fungar. Ah, e não façam como eu e a minha amiga que fomos para um filme destes desprovidas de lenços, o que é logo à partida uma combinação mortal.
Para terminar, eu acho que até acabei por gostar um nadinha mais do filme do que do livro, e no fundo é uma história de amor que não devem perder e que nos deixa um pouco a pensar de modo diferente no cancro.

Vê também

2 comentários

  1. Ainda não vi o filme nem li o livro, mas tenho ouvido falar tão bem de ambos que estou com uma certa vontade de o fazer :)

    ResponderEliminar
  2. Olá :) já vi o filme e adorei. ainda não li o livro mas quero muito pois eu sou daquelas pessoas que acha que o livro tem mais magia que o filme e, na maior parte das vezes acaba por ser muito melhor que o filme. Quanto ao actor, concordo mas, acho que o mais importante é que seja alguém capaz de transmitir a personalidade da personagem por completo depois vem a beleza.

    Quando fui ver o filme também havia algumas miúdas com excesso de hormonas...acho que actualmente ver filmes de sucesso com actores jovens só em casa mesmo!

    MORNING DREAMS

    Sofia Silva

    Beijos*

    ResponderEliminar

Posts populares

Arquivo

Blogs de Portugal

Subscribe