As mulheres inspiram-me!

sábado, março 08, 2014

Hoje é o dia da mulher e eu venho-vos falar de uma menina que se tornou mulher pelo que pensa e pelo que faz, Malala Yousafzay! Já vos falei dela aqui e a frase com que comecei esse texto é a que me vem à cabeça sempre que penso nela, é difícil escrever sobre alguém assim.
Quando escrevi o outro post ainda não tinha lido o livro dela mas já a admirava imenso, no entanto o livro transportou-me para outra realidade e deu-me a conhecer mais coisas sobre Malala, a sua cultura e religião, e quando cheguei à última página eu queria mais, muito mais. O que mais me encanta é o facto dela conhecer tanta maldade no mundo e ter já sofrido tanto, mas ainda assim consegue ter um olhar fantástico sobre tudo e apreciar cada pequena coisa, e definitivamente ela amava o sítio onde vivia, acreditem que só pelo que ela diz faz com que vocês sintam vontade de visitar aquele lugar descrito como um pequeno paraíso.
É um livro cheio de tantas histórias, em que vemos a criança que há em Malala, com a sua ingenuidade, o seu lado mais infantil, as brincadeiras...mas por outro lado vemos também os seus medos e a sua força em lutar por um mundo melhor, onde todos têm um lugar e onde a educação é a arma mais forte, independentemente do género, da cor, da raça, da língua ou religião!
Não percam este livro e se possível não fiquem só por aí e ajudem as crianças através do Fundo Malala (http://malalafund.org/).


Existem inúmeras mulheres que fazem a diferença e que são inspiradoras, mas seria impossível falar sobre todas elas!

Mais uma sugestão que vos deixo é a de verem a peça da Marta Gautier - "Vamos lá entender as mulheres...mas só um bocadinho". Eu já falei dela aqui e acreditem é de chorar a rir, porque realmente nós as mulheres contrariamos qualquer teoria da simplicidade, nós somos feitas de tudo e de nada e só têm mais é que aguentar a nossa montanha russa de emoções, só isso é que nos torna tão diferentes e especiais.

Vê também

4 comentários

  1. Tenho que ler este livro :) são estas pequenas coisas que nos fazem pensar tanto mas tanto na nossa vida...
    * maryredhair *

    ResponderEliminar
  2. Já ouvi falar muito bem desse livro e espero um dia lê-lo. Outro parecido é o Queimada Viva, que espero igualmente ler. :)

    ResponderEliminar
  3. mary,

    verdade, estes livros marcam-nos mesmo.

    ResponderEliminar
  4. Daniela Lopes,

    também já li o Queimada Viva e também gostei muito.

    ResponderEliminar

Posts populares

Arquivo

Blogs de Portugal

Subscribe